21 de mai de 2008

SOMA E FRAGMENTO

O homem que não é
Tem a vida toda
Para conseguir ser
A Vida é que não tem
Um homem mesmo
Todo inteiro
Pois que em cada momento
Este
Nada mais é que
SOMA E FRAGMENTO

3 comentários:

Beth disse...

Dudu:

Acho que este é um dos melhores poemas que você já fez. Simples e profundo.
Parabéns.
Beijos,
Mãe

- Marechal Carleto - disse...

direto das páginas do café para o panteão dos grandes

muito bom udud

Carol disse...

Dudu, vc é sensivelmente profundo e encanta quem está perto e tem a oportunidade de te conhecer melhor. Belíssimas palavras, está de parabéns!
Um beijão
Carol